Curso de Blues no Teclado Aprenda a tocar Blues no Teclado, sem sair de casa, no horário que desejar.

Ebook Grátis Teclado Para você dar os seus primeiros passos nas teclas.

Workshop de Composição - Aula 4 - A Letra

Tema ou Conceito

 

Basicamente é o conteúdo de sua letra, e o assunto que ela vai tratar. Pode ser sobre os mais diversos assuntos: amor, guerra, estória, espiritualidade, etc...

 

Exemplo de Tema:

 

Chico Mineiro – Morte de um amigo

 

A letra retrata a história de Chico Mineiro e nos remete a uma verdadeira tragédia grega. Ela sintetiza em 3 estrofes o que ocorre com Chico Mineiro. Na primeira estrofe o autor nos coloca num determinado momento da vida dos personagens e nos informa pra onde estão indo. Na segunda estrofe nos relata a morte de Chico Mineiro pra finalmente na terceira estrofe dar uma conclusão realmente trágica, a descoberta de que são do mesmo sangue.

 

Fizemos a última viagem

Foi lá pro sertão de Goiás

Fui eu e o Chico Mineiro

Também foi o capataz

Viajamos muitos dias

pra chegar em Ouro Fino

Aonde passamos a noite numa festa do Divino

 

A festa estava tão boa,

mas antes não tivesse ido

O Chico foi baleado

por um homem desconhecido

Larguei de comprar boiada

Mataram meu companheiro

Acabou-se o som da viola

Acabou-se o Chico Mineiro

 

Depois daquela tragédia

Fiquei mais aborrecido

Não sabia da nossa amizade

Porque nos dois era unido

Quando vi seu documento

Me cortou o coração

Vi saber que o Chico Mineiro

Era meu legítimo irmão

 

Métrica

 

Para contar corretamente as sílabas poéticas, deve-se seguir os seguintes preceitos:

 

  • 1) Não se contam as sílabas poéticas que estejam após a última sílaba tônica do verso
  • 2) Ditongos têm valor de uma só sílaba poética.
  • 3) Duas ou mais vogais, átonas ou até mesmo tônicas, podem fundir-se entre uma palavra e outra, formando uma só sílaba poética.

Exemplo La Belle de Jour – Alceu Valença

"Eu lembro da moça bonita

Da praia de Boa Viagem

E a moça no meio da tarde

De um domingo azul"

 

Eu | LEM | bro | da | MO | ça | bo | NI | ta | da | PRA | ia | de | BOa | Vi | Agem

Vejamos a relação entre os sons fortes (TUM) e sons fracos (tim).

tim TUM tim tim TUM tim tim TUM tim tim TUM tim tim TUM tim TUM

 

Rimas

 

Na poesia, as rimas se caracterizam pela repetição de sons no final de dois ou mais versos, conferindo musicalidade ao poema. As rimas podem ser classificadas quanto à fonética, quanto ao valor, quanto à acentuação e quanto à posição no verso e na estrofe.

Rimas alternadas (ou cruzadas): Combinam-se alternadamente, seguindo o esquema ABAB.

 

Exemplo: Cá já – Caetano Veloso

 

“Ouço que vento, vento

Ondas asas capim

Momento movimento

Sempre agora em mim

 

Rimas emparelhadas (ou paralelas): Combinam-se de duas em duas, seguindo o esquema AABB.

 

Exemplo: Pagode Russo – Luiz Gonzaga

 

Ontem eu sonhei que estava em Moscou

Dançando pagode russo na boate Cossacou (bis)

Parecia até um frevo naquele cai e não cai

 

Rimas interpoladas (ou intercaladas): Combinam-se numa ordem oposta, seguindo o esquema ABBA.

 

Exemplo: O quereres – Caetano Veloso

 

Eu queria querer-te amar o amor

Construir-nos dulcíssima prisão

Encontrar a mais justa adequação

Tudo métrica e rima e nunca dor

Mas a vida é real e de viés

E vê só que cilada o amor me armou

Eu te quero (e não queres) como sou

Não te quero (e não queres) como és

 

Rimas encadeadas: Quando as palavras que rimam se situam no fim de um verso e no início ou meio do outro.

 

Exemplo: Asa do Vento João do Valle

“Deu meia noite, a lua faz um claro

Eu assubo nos aro, vou brincar no vento leste

A aranha tece puxando o fio da teia

A ciência da abeia, da aranha e a minha”

Recursos poéticos

 

Metáfora é uma figura de linguagem. É um recurso semântico, Quer dizer que é um meio utilizado por quem escreve, ou por quem fala, para melhorar a expressividade de um texto literário. Quando é empregada em uma frase, faz com que esta se torne mais eloquente para os que a leem e a ouvem.

Exemplo: Rosa De Hiroshima - Vinícius de Morais

…Mas, oh, não se esqueçam da rosa da rosa

Da rosa de Hiroshima

A rosa  hereditária

A rosa radioativa…”

Metonímia é a figura de linguagem que possibilita troca de um termo por outro de mesma similaridade. Para conceituá-la com maior clareza podemos dizer que é definida como a substituição de uma palavra por outra, quando há relação de contiguidade, ou seja, proximidade de sentido entre elas. É a substituição de palavras que guardam uma relação de sentido entre si.

Exemplo: Que País é esse – Legião Urbana

“Mas o Brasil vai ficar rico

Vamos faturar um milhão”

 

Sinestesia

A sinestesia é o jogo da mistura das sensações. Quando na mesma oração o autor realiza o cruzamento de diferentes sentidos humanos.

Exemplo: Vento no Litoral – Legião Urbana

Sei que faço isso pra esquecer
Eu deixo a onda me acertar

E o vento vai levando Tudo embora...

 

Metáfora

Figura de linguagem em que se emprega um sentido incomum para uma palavra a partir de uma relação de semelhança entre dois termos.

Exemplo: Metáfora – Gilberto Gil

"Uma lata existe para conter algo.

Mas quando o poeta diz: 'Lata',

pode estar querendo dizer o incontível.

Deixe a meta do poeta, não discuta.

Deixe a sua meta fora da disputa,

deixe-a simplesmente metáfora"

Paradoxo

É definido como aproximação de palavras contrárias, que podem ser associadas em um mesmo pensamento.

Exemplo: Brasil – Cazuza

…Grande pátria desimportante.

Em nenhum instante eu vou te trair, não vou te trair…

 

Antítese

Figura de linguagem na qual ocorre a exposição de ideias opostas, na antítese podemos perceber a aproximação de palavras ou expressões de sentidos contrários. O contraste que ocorre serve, principalmente, para enfatizar os conceitos envolvidos, o que não se conseguiria se eles estivessem isolados.

Exemplo: Certas Coisas – Lulu Santos

'Não haveria o som se não fosse o silêncio,

e não haveria luz se não fosse a escuridão'

 

Eufemismo ocorre quando aceita-se e usa-se uma palavra ou expressão em lugar de outra, por diversos motivos, em diferentes situações. Na verdade, é a utilização de vocábulos mais leves e mais sutis, para suavizar determinadas mensagens que precisam ser transmitidas.

Exemplo: Mulheres de Atenas – Chico Buarque

Mirem-se no exemplo

Daquelas mulheres de Atenas

Sofrem pros seus maridos

Poder e força de Atenas

Quando eles se entopem de vinho

Costumam buscar um carinho...

 

Personificação é o mesmo que Prosopopeia. Representam figuras de linguagem capazes de atribuir a seres irracionais ou a objetos inanimados, ações, qualidades e sentimentos que são próprios dos seres humanos.

Exemplo: As Vitrines – Chico Buarque

“Os letreiros a te colorir”

…também posso ver

“As vitrines te vendo passar”.

 

Aliteração é uma figura de linguagem que consiste na repetição de sons de consoantes iguais ou semelhantes. Ocorre geralmente, no início das palavras, que compõem versos ou frases, mas pode estar também no meio ou no fim.

 

Exemplo: Pipoca Moderna – Caetano Veloso

E era nada de nem noite de negro não
E era nê de nunca mais

E era noite de nê nunca de nada mais

E era nem de negro não

Porém parece que há golpes de pê, de pé, de pão

De parecer poder

(E era não de nada nem)

Pipoca ali, aqui, pipoca além

Desanoitece a manhã

Tudo mudou

 

Pleonasmo é uma figura de linguagem que se caracteriza pela redundância. Trata-se da repetição de palavras que tem o mesmo significado, em uma mesma oração. Pode ocorrer de duas formas: Como Pleonasmo literário ou como Pleonasmo Vicioso

Exemplo: Valsinha – Chico Buarque

 

E ali “dançaram tanta dança” …

E foi tanta felicidade

E foram tantos beijos…

Que o mundo compreendeu…

 

Exemplo: Dez mil anos atrás – Raul Seixas

Eu nasci há dez mil anos atrás..

Cacofonia é um Vício de Linguagem. Consiste em sons produzidos pela junção do final de um vocábulo e começo de outro, que encontra-se a seguir. Ecoam desagradavelmente, causando tonalidades ridículas ou muitas vezes que levam à não distinção da mensagem.

Pelas Tabelas – Chico Buarque

Eu achei que era ela puxando o cordão

Oito horas e danço de blusa amarela...

... Eu pensei que era ela voltando pra

Minha cabeça de noite batendo panelas...

Parecia até um frevo naquele vai e não vai (bis)

 

 

Sobre nós:

A Primeiros Acordes tem como objetivo ensinar você a aprender a tocar no conforto de sua casa, com aulas, cursos, vídeo-aulas, métodos voltados para o aprendizado online.

Contato

Primeiros Acordes

Email: marcos.dupra@globo.com

Horário: 9:00 ás 18:00 hs

Não temos loja física